TRATAMENTOS ANTI-IDADE:

PREENCHIMENTO E HARMONIZAÇÃO FACIAL

 

Preenchimento cutâneo

Preenchimento cutâneo é a técnica utilizada para a correção de sulcos, rugas e cicatrizes. Consiste na injeção de ácido hialurônico  sob a área da pele a ser tratada elevando-a e diminuindo a sua profundidade, com consequente melhora do aspecto.

Este tipo de procedimento deve ser realizado por dermatologista e pode ser realizada no consultório, sendo um procedimento rápido e que, na maioria das vezes, não necessita de anestesia. Para pessoas mais sensíveis podem ser utilizados anestésicos tópicos, sob a forma de cremes, aplicados 30 a 60 minutos antes do preenchimento, para atenuar a sensação da picada da agulha.

Este tipo de preenchimento cutâneo pode ser aplicado no “bigode chinês”, rugas periorbiculares, olheiras e aumento labial.

O ácido hialurônico é um componente natural da pele, localizado na segunda camada da pele, não causa alergias e dispensa testes prévios. A duração do preenchimento varia de 6 a 12 meses, sendo necessária nova aplicação após este período.

O preenchimento cutâneo se tornou um dos procedimentos de maior interesse por parte dos médicos e pacientes pois, entre outros fatores, à sua facil execução e resultados muito satisfatórios. Este tipo de procedimento vem sendo rotineiramente utilizado para correção das manifestações correlacionadas com o envelhecimento cutâneo que acabam por modificar o contorno facial, essa técnica pode melhorar ou corrigir completamente sulcos e rugas faciais.

O preenchedor ideal deve ter algumas qualidades como: fácil obtenção, baixo custo, fácil colocação, resposta fibroblástica limitada, sem potencial carcinogênico, não teratogênico, consistência do tecido preenchido semelhante à do tecido normal, longo tempo de duração e absorção mínima.

Existem inúmeras substâncias utilizadas para o preenchimento cutâneo, no Brasil as mais utilizadas no momento são o ácido hialurônico, metacrilato, hidroxiapatita de cálcio e gordura.

O preenchimento cutâneo deve ser realizado por médico habilitado no conhecimento da técnica e realização deste tipo de procedimento, a indicação para cada paciente é primordial, o paciente que mais se beneficia da técnica de preenchimento deve ter entre 35 e 50 anos, pouca flacidez cutânea, linhas e sulcos não muito profundos, em contrapartida pacientes com idade avançada ou que apresentem linhas e sulcos muito profundos e flacidez, terão resultados muitas vezes desapontadores.

O preenchimento com ácido hialurônico também ganha força e se consagra como o segundo procedimento cosmético não cirúrgico mais procurado nos Estados Unidos, logo atrás das aplicações de toxina botulínica.

Sua utilização evoluiu, e, atualmente, o preenchedor não é utilizado somente para “preencher uma ruga”, mas, também, para realçar contorno e conferir volume.

O Ácido Hialurônico é uma substância produzida naturalmente pelo organismo humano presente principalmente na pele com função de reter água, conferindo hidratação e volume, Com o passar do tempo e o processo de envelhecimento, esta substância se degrada e o organismo diminui sua capacidade de reposição da mesma. O resultado é a perda de volume, de contorno e o aparecimento de rugas. A duração do preenchimento com ácido hialurônico varia de 6 a 12 meses, sendo necessária nova aplicação após este período.

Contra indicações ao ácido hialurônico: Alergia conhecida a qualquer componente da formulação, Tendência ao desenvolvimento de cicatrizes hipertróficas, Infecção ou inflamação no local que será tratado, Mulheres grávidas ou em fase de amamentação.

O metacrilato é um preenchedor definitivo. Por não ser reabsorvido pelo organismo, seus resultados são duradouros e é mais utilizado para correção de sulcos profundos e para alteração do contorno corporal. A substância é aplicada mais profundamente e pode ser usada em maior volume.

Preechedores com estímulo à produção de colágeno:

Uma outra linha de preenchedores busca o estímulo à produção de colágeno pelo organismo, que será o responsável pelo preenchimento das rugas. Entre eles estão o ácido polilático e a hidroxiapatita de cálcio.

Os dois produtos também tem sido utilizados para o preenchimento das mãos naquelas pessoas que, com o envelhecimento, perdem gordura deixando depressões entre os tendões dos dedos.

Lipoescultura

Uma variação desta técnica é o auto-enxerto de gordura, na qual retira-se gordura de uma área do corpo onde esteja em excesso (através de lipoaspiração) e injeta-se sob a ruga elevando-a.

Este procedimento é mais trabalhoso, exige anestesia e outros cuidados para a obtenção do material gorduroso a ser injetado. Ideal para aqueles que desejam livrar-se de gorduras extras em áreas localizadas e vão se submeter a uma lipoaspiração. A gordura retirada será então aproveitada para o preenchimento cutâneo. Uma parte da gordura injetada é reabsorvida porém boa parte dela permanece definitivamente no local. A técnica tem sido chamada de lipoescultura.

Indicações: O preenchimento pode ser aplicado no sulco nasogeniano, o sulco que é formado ou acentuado pela flacidez da maça do rosto. Os sulcos mais leves podem ser tratados com o Preenchimento superficial, enquanto os mais profundos necessitam a técnica de Bioplastia. As rugas periorais podem ser minimizadas com o preenchimento, e os sulcos do canto da boca e infralabiais também podem ser minimizados. Rugas finas da face também podem ser tratados. O aumento dos lábios e o tratamento de olheiras também pode ser obtido com o preenchimento.

Agende uma consulta ou entre em contato conosco!